Angola e Cabo Verde presentes na 1.ª Exposição Económica e Comercial China-África

Angola estará representada na 1.ª Exposição Económica e Comercial China-África, a decorrer de 27 a 29 de Junho em Changsha, capital da província chinesa de Hunan, com uma delegação com mais de 100 expositores, informou o Jornal de Angola.

A delegação deixou Luanda no passado sábado, tendo o coordenador executivo da Câmara de Comércio Angola-China, Adulai Baldé, dito que Angola vai-se fazer representar num pavilhão onde o sector da agricultura tem maior destaque, por ter maior número de expositores.

A delegação tem 103 integrantes que representam a produção nacional em domínios como recursos minerais, turismo, indústria, agricultura, serviços e infra-estruturas, tendo Adulai Baldé adiantado “temos um pavilhão onde vamos expor todos os nossos produtos.”

Também Cabo Verde estará representado na exposição, sendo a delegação do arquipélago chefiada pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe, que vão estar na China de 23 a 29 de Junho corrente.

A informação foi avançada à agência noticiosa Inforpress pelo embaixador da China em Cabo Verde, Du Xiaocong e confirmada pelo responsável da cooperação China Cabo Verde, Joaquim Maia, na sequência de um encontro com os beneficiários dos seminários promovidos pelo Ministério do Comércio e Centro de Formação chinês.

O certame tem já confirmada a participação de 1388 expositores de 52 países, devendo ao longo dos três dias ser negociados 233 projectos de cooperação em investimento, comércio, engenharia, aquisição e construção de projectos.

O valor total desses projectos chega a 74,7 mil milhões de dólares e diz respeito a 39 países como Gana, Quénia e Costa do Marfim, segundo a comissão organizadora. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH