Banco Mundial financia reforço da capacidade de produção e transmissão de energia eléctrica em Moçambique

24 June 2019

O Banco Mundial aprovou doações e garantias no montante de 420 milhões de dólares para ajudar Moçambique a reforçar a capacidade de transmissão de energia eléctrica tanto doméstica como para os mercados regionais e aumentar a capacidade de produção através de investimentos do sector privado, segundo um comunicado divulgado sexta-feira em Washington.

O Projecto Regional de Electricidade de Temane (TREP), que conta igualmente com um financiamento de 24 milhões de dólares do Fundo Fiduciário Norueguês, é uma operação integrada que engloba investimentos tanto públicos como privados, inclui a contrução de uma linha de transmissão de alta voltagem como uma extensão de 563 quilómetros entre Maputo e Vilanculos/Temane e uma central de ciclo combinado de 400 megawatts em Temane.

“Em conjunto, irão fortalecer a capacidade de produção e de transmissão tanto em Moçambique como na África Austral”, pode ler-se no comunicado, que acrescenta ir este projecto permitir um investimento privado na produção de energia estimado em 750 milhões de dólares.

O TREP faz parte da “coluna vertebral” de Moçambique, que foi delineada para integrar os sistemas de energia separados do norte, centro e sul do país e fortalecer a ligação regional ao Southern African Power Pool (SAPP).

O Projecto Regional de Electricidade de Temane inclui duas outras operações da Agência de Desenvolvimento Internacional, actualmente em execução em Moçambique ao abrigo de um financiamento de 230 milhões de dólares, para melhorar a fiabilidade e a eficiência do sistema eléctrico já existente, introduzir reformas na estatal Electricidade de Moçambique e expandir o acesso a energia eléctrica. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH