Banco Terra de Moçambique funde-se por incorporação no Moza Banco

9 July 2019

O Banco Terra de Moçambique (BTM) fundiu-se com o Moza Banco, na sequência de uma deliberação dos accionistas daquela instituição, segundo um comunicado divulgado segunda-feira em Maputo.

A fusão será feita através de incorporação do BTM no Moza Banco, refere o comunicado, que não especifica os termos da operação.

“Submetida a proposta de fusão, foi a mesma aprovada por unanimidade, com os votos favoráveis de todos os accionistas representados, representativos da totalidade do capital social do BTM”, diz o comunicado.

Em Setembro de 2018 foi anunciado que o Moza Banco, pertencente ao Fundo de Pensões do Banco de Moçambique (Kuhanha), adquiriu na totalidade o capital social do Banco Terra.

O comunicado afirmava concretamente ter a instituição efectuado dia 24 de Agosto de 2018 uma oferta para aquisição da totalidade do capital social do Banco Terra, ao abrigo de uma operação estruturada que inclui, além da referida aquisição, a posterior fusão entre o Moza Banco e o Banco Terra.

A administração do Moza anunciou em Fevereiro de 2018 que a sociedade financeira Arise, constituída por dois bancos holandeses e pelo fundo soberano da Noruega, iria passar a ser accionista do banco numa operação que previa que o Moza adquirisse o Banco Terra, instituição participada pela Arise Fund em Moçambique. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH