Empresa Brasileira de Aeronáutica inicia digressão mundial do E195-E2 na China

9 July 2019

O mais novo avião da Empresa Brasileira de Aeronáutica, o E195-E2, iniciou segunda-feira em Xiamen, China, a sua digressão mundial, informou a empresa em comunicado divulgado naquela cidade chinesa.

O comunicado informa ainda que ao longo dos meses de Julho e Agosto o E195-E2, o maior dos três aviões da segunda geração da família de jactos comerciais da Embraer, efectuará paragens em outras cidades da China, bem como em outros países da região Ásia-Pacífico.

O E195-E2, que foi apresentado na 53ª edição do Paris Air Show International, tem capacidade para 146 lugares numa única classe.

John Slattery, presidente da comissão executiva da Embraer Aviação Comercial, afirma no comunicado a satisfação da empresa em iniciar a digressão de demonstração global do E195-E2, o maior avião já desenvolvido pela Embraer, com os nossos clientes chineses.”

O vice-presidente da Embraer e presidente da Embraer China, Guan Dongyuan, disse, por seu turno, que o número de passageiros na China cresceu em 2018 a uma taxa de dois dígitos, com 10,9%, estando previsto um grande aumento do mercado para aviões até 150 lugares.

“Estamos orgulhosos em acompanhar o crescimento da indústria, liderando o mercado regional com uma participação de quase 70%”, disse ainda Guan, para acrescentar que oito companhias aéreas da Grande China e da Mongólia operam actualmente 105 aviões comerciais da Embraer.

O novo avião entrará em operação comercial este semestre, com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, sendo que a companhia aérea espanhola Binter, das Ilhas Canárias, receberá igualmente um E195-E2 até ao final do ano.

A Embraer é líder mundial na construção de jactos comerciais até 150 assentos, mantendo unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças nas Américas, África, Ásia e Europa. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH