Companhia Docas do Estado de São Paulo, Brasil, abre escritório na China

16 July 2019

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) vai abrir um escritório de representação na China ainda no segundo semestre, disse o presidente da autoridade portuária do Porto de Santos, citado pela imprensa brasileira.

Casemiro Tércio de Carvalho disse ainda que o escritório, a ser aberto em conjunto com o governo do Estado de São Paulo, ficará em Xangai e adiantou que a pessoa que vai dirigir a representação permanente já foi contratada, tudo apontando para que a abertura tenha lugar em Novembro.

Tércio de Carvalho deslocou-se a Ningbo, uma cidade industrial e portuária da província de Zhejiang, na semana passada a fim de participar num encontro internacional, no decurso do qual apresentou os investimentos previstos para o Porto de Santos.

Tércio participou no 5.º Fórum Internacional de Cooperação Marítima e Portuária da Rota da Seda (“The 5th Maritime Silk Road Port International Cooperation Forum”), evento que contou com a presença de responsáveis de alguns dos maiores portos do mundo, de empresas de navegação e logística e da indústria marítima.

A China foi o maior cliente daquele porto em 2018, tendo sido responsável por 21% ou 10,34 mil milhões de dólares de todas as mercadorias importadas pelo Brasil através daquele porto, tendo sido igualmente o maior destino das exportações de 2017 com um valor de 8,5 mil milhões de dólares e 18,15 milhões de toneladas.

A Companhia Docas do Estado de São Paulo é uma empresa estatal brasileira, em que o governo federal tem uma participação de 99,9% e a Prefeitura Municipal de Santos os restantes 0,01%, constituída a 7 de Novembro de 1980 para substituir a Companhia Docas de Santos, que era privada. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH