Angola identifica 27 países prioritários para a atracção de investimento

22 July 2019

A Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (Aipex) identificou 27 países como prioritários para a execução de uma estratégia de captação de investimentos, disse sexta-feira em Luanda o administrador Lello Francisco.

O administrador, no decurso de uma mesa redonda consagrada à “Cooperação estratégica Angola-Turquia”, promovida pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e pela Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas, mencionou, além da Turquia, África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, China, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Itália, Japão, Polónia, Portugal, Rússia, Países Baixos, Reino Unido, Singapura e Uruguai, para citar apenas alguns.

Lello Francisco, citado pelo Jornal de Angola, declarou que a lista foi adoptada com base em critérios estabelecidos, por ordem da importância, pela capacidade tecnológica, capitais e investimentos, tendo em atenção a vocação desses países para os investimentos no continente africano.

O programa de captação de investimento na Turquia tem em conta o forte potencial daquele país na indústria têxtil, apontou o administrador, revelando “acções concretas” da agência para, no sentido contrário, dinamizar a exportação de mármore e outras rochas ornamentais para aquele país.

Lello Francisco considerou que, apesar de alguns avanços, a relação comercial entre Angola e a Turquia “ainda é desequilibrada”, com um défice desfavorável a Luanda, que compra mais do que vende a Ancara, sendo objectivo da Aipex inverter esse quadro que reflecte o quadro pouco diversificado da economia angolana, em que mais de 95% das exportações são de petróleo em rama. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH