China abre mercado aos produtos lácteos do Brasil

24 July 2019

O governo da China abriu o mercado do país aos produtos lácteos do Brasil, tendo homologado 24 estabelecimentos para exportar produtos como leite em pó e queijos, anunciou terça-feira a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, em comunicado divulgado em Brasília.

A ministra destacou que a abertura do mercado da China aos produtos lácteos brasileiros “vai impulsionar a cadeia produtiva do leite” e adiantou tratar-se de uma boa notícia para o sector “que passa por um momento muito difícil, sem esperança.”

O comunicado oficial recorda haver no país cerca de 1,2 milhões de pequenos produtores de leite, “que estão a viver um momento complicado com a perda de 0,30 reais no litro de leite.”

Tereza Cristina destacou que “o Brasil sempre quis ter acesso ao mercado chinês, para poder exportar este tipo de produtos, melhorando, inclusive o preço que é pago aos produtores brasileiros.”

A questão estava acordada com a China desde 2007 mas não havia, até à data, qualquer estabelecimento homologado para exportar.

A Viva Lácteos – Associação Brasileira de Lacticínios espera que na sequência desta homologação as empresas brasileiras do sector consigam exportar para o mercado chinês produtos no valor de 4,5 milhões de dólares, nomeadamente leite em pó e queijos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH