Redução da inflação leva banco central de Angola a manter taxas de juros

29 July 2019

A Comissão de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA) decidiu manter inalteradas as principais taxas de referência do mercado do país, no decurso da reunião de sexta-feira passada, informou o banco central em comunicado.

A Taxa BNA foi mantida em 15,0%, a da Facilidade Permanente de Absorção de Liquidez em 0%, tendo sido igualmente mantidos os coeficientes das Reservas Obrigatórias em moeda nacional em 17% e 15% em moeda estrangeira.

Estas decisões foram sustentadas pelo facto da inflação homóloga continuar a sua trajectória decrescente, não obstante a Base Monetária em moeda nacional, variável operacional da política monetária, ter-se expandido em 3,28% em Junho de 2019, pode ler-se no comunicado.

No mês de Junho de 2019, o Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) apresentou uma variação mensal de 1,08%, ligeiramente abaixo da registada no mês anterior (1,09%) e uma variação homóloga de 16,94%, de igual modo abaixo da observada no período anterior (17,14%).

As Reservas Internacionais Brutas situaram-se em 16,02 mil milhões de dólares em Junho de 2019, contra 17,92 mil milhões de dólares um ano antes, representando um grau de cobertura de importação de bens e serviços de 8,78 meses. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH