Angola exporta 121,9 milhões de barris de petróleo no segundo trimestre de 2019

31 July 2019

A exportação de 121,9 milhões de barris de petróleo em rama no segundo trimestre de 2019 proporcionou às empresas a operar no sector em Angola uma receita de 8,5 mil milhões de dólares, segundo dados oficiais divulgados terça-feira em Luanda.

Os dados divulgados pela Direcção Nacional de Mercados e Promoção da Comercialização do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos indicam ter havido um aumento de 65,4 mil barris comparativamente ao primeiro trimestre de 2019 mas uma redução de 7,2 milhões de barris relativamente ao trimestre homólogo.

A China e a Índia com quotas de 69% e 10%, respectivamente, foram os países que mais petróleo compraram de Angola, no decurso do segundo trimestre.

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) vendeu no período em análise 47,6 milhões de barris tendo obtido uma receita de 3,3 mil milhões de dólares, que compara com 45,1 milhões de barris e uma receita de 2,8 mil milhões de dólares no primeiro trimestre.

Os dados da Sonangol, apresentados pelo responsável da Direcção Nacional de Mercados e Promoção da Comercialização daquele ministério, Gaspar Sermão, indicam que a média de vendas diárias atingiu 523,7 mil barris, ao preço médio de 69,5 dólares.

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola despendeu, por outro lado, 580,3 milhões de dólares com a importação de 886,0 toneladas de combustíveis, segundo a agência noticiosa Angop.

O Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos procede trimestralmente à divulgação das actividades da Sonangol e das empresas internacionais que operam em Angola a fim de permitir acompanhar a evolução do mercado petrolífero no país. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH