Banca de Angola concede crédito para financiar Prodesi

1 August 2019

Os bancos que acordaram com o governo de Angola financiar o Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi) receberam 50 pedidos de crédito para igual número de projectos em apenas um mês, segundo informação oficial.

O director nacional para a Economia, Competitividade e Inovação, Marcelino Pinto, informou quarta-feira em Luanda que o montante solicitado para aqueles projectos ascendeu a 128 mil milhões de kwanzas ou 367 milhões de dólares, segundo o Jornal de Angola.

Os projectos estão ligados, na sua maioria, à agricultura, pescas e indústria e têm como locais de execução as províncias da Huíla, Cuanza Sul, Luanda, Benguela, Uíge, Cunene, Cuanza Norte e Namibe.

Oito bancos comerciais assinaram um memorando com o governo de Angola há cerca de um mês através do qual se comprometeram a conceder até ao final do ano 141 mil milhões de kwanzas em financiamentos ligados ao Projecto de Apoio ao Crédito, instrumento de apoio ao Prodesi.

Fazem parte do grupo os bancos Angolano de Investimentos (BAI), Fomento Angola (BFA) e Internacional de Crédito (BIC), que vão disponibilizar, separadamente, 30 mil milhões de kwanzas.

No grupo entram, ainda, o Standard Bank com 20 mil milhões de kwanzas, Millennium Atlântico (BMA) com 15 mil milhões, Banco de Negócios Internacional (BNI) e o Comercial do Huambo (BCH) com seis mil milhões cada e o de Comércio e Indústria (BCI) com quatro mil milhões. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH