Central Solar de Mocuba, Moçambique, inaugurada dia 10 de Agosto

8 August 2019

A Central Solar de Mocuba, na província da Zambézia, em Moçambique, será formalmente inaugurada sábado, altura em que passará a lançar 40 megawatts de energia eléctrica na rede nacional, informou a estatal Electricidade de Moçambique (EDM).

O director de produção da EDM, Narendra Gulab, disse ao jornal Notícias, de Maputo, que o empreendimento encontra-se em fase de testes há duas semanas, estando neste momento a lançar entre 27 a 28 megawatts de energia eléctrica na rede nacional.

A central, cuja construção se iniciou em Junho de 2018, é resultado de uma parceria entre a estatal moçambicana, com 25%, a Scatec Solar (52,5%) e o KLP Norfund Investments (22,5%), da Noruega, tendo o seu custo ascendido a 76 milhões de dólares.

A central, com uma capacidade de 40 megawatts, fica localizada nos arredores daquela cidade da província da Zambézia e irá fornecer 79 gigawatts hora de energia eléctrica a 175 mil habitações no norte de Moçambique.

O empreendimento ocupa uma área de 200 hectares, 170 dos quais estão ocupados com painéis que captam a radiação solar para ser transformada em electricidade.

O jornal escreveu ainda que a entrada em funcionamento desta central solar vai permitir diversificar a matriz energética de Moçambique, que durante décadas utilizou basicamente energia eléctrica produzida nos aproveitamentos hidroeléctricos de Cahora Bassa, em Tete e Chicamba e Mavúzi, na província de Manica.

No início do século foi construída a primeira central termoeléctrica alimentada a gás natural, em Temane, província de Inhambane, com capacidade aproximada de 1,0 megawatt, progressivamente ampliada até aos actuais 11 megawatts.

O maior aumento na produção a partir do gás natural ocorreu em 2012, com a entrada em funcionamento da primeira central com capacidade de 110 megawatts em Ressano Garcia, província de Maputo. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH