Empresa do Brasil fornece café para duas torrefacções na China

13 August 2019

A empresa brasileira Café Santa Mônica deverá vir a fornecer o café para alimentar duas unidades de torrefacção a serem construídas na China, ao abrigo de um memorando de entendimento recentemente assinado em Xangai, informou a InvestSP em comunicado.

A InvestSP, a agência de promoção de investimentos do Estado de São Paulo, informou ainda que o memorando envolve o fundo de investimento Greenfield Capital e o governo da China, estando previsto um investimento global de 1500 milhões de dólares na construção das duas unidades de torrefacção e na instalação de 100 mil máquinas de venda.

Colin James Francis, director de negócios internacionais da Café Santa Mônica, afirma no comunicado que a expectativa é que a empresa paulista exporte aproximadamente 100 mil sacas de café de 60 quilogramas cada ao longo dos próximos 12 meses, obtendo uma receita de cerca de 25 milhões de dólares.

O acordo permitirá que a empresa brasileira possa comercializar o café paulista directamente no mercado chinês, garantindo assim melhores margens de remuneração ao longo de toda a cadeia de produção, segundo a InvestSP.

A Café Santa Mônica já exporta para mais de 30 países e iniciou recentemente os primeiros embarques para a China, mas ainda em lotes pequenos, devendo este memorando permitir que a empresa possa ampliar de forma significativa a sua participação naquele mercado.

A assinatura do acordo entre o Café Santa Mônica, Greenfield Capital e o governo chinês ocorreu durante a Missão China 2019, organizada pela InvestSP, cuja comitiva incluía o governador João Doria, cinco secretários de Estado e 31 empresas brasileiras interessadas em ampliar as relações comerciais com a China. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH