Vale Moçambique revê em baixa previsão da produção de carvão para 10 milhões de toneladas

15 August 2019

Factores relacionados com o clima e operacionais fizeram com que a previsão de produção de carvão da Vale Moçambique em 2019 tenha sido revista em baixa de 14 milhões para 10 milhões de toneladas, disse quarta-feira em Maputo o presidente da empresa.

Márcio Godoy, presidente da subsidiária do grupo brasileiro Vale, usava da palavra numa conferência de imprensa realizada na capital moçambicana para divulgar os resultados financeiros e de produção do segundo trimestre de 2019, segundo a agência noticiosa AIM.

O director financeiro, Marcelo Tertuliano, disse que a queda verificada nos preços do carvão fez com que o resultado da empresa no segundo trimestre tenha sido negativo em 145 milhões de dólares, um agravamento de 20,83% face ao resultado igualmente negativo de 120 milhões de dólares no primeiro trimestre.

“Em termos financeiros o resultado foi influenciado pela queda dos preços”, disse Tertuliano, que adiantou que em termos operacionais o objectivo da administração é atingir uma produção de um milhão de toneladas por mês, “o que coloca a empresa num ritmo sustentável, saudável, do ponto de vista económico e financeiro.”

A receita obtida no segundo trimestre atingiu 271 milhões de dólares, uma quebra de 5,24% ou 15 milhões de dólares face aos 286 milhões de dólares do primeiro trimestre, tendo a produção sido de 2,4 milhões de toneladas, cerca de um terço menos do que a previsão de 3,5 milhões de toneladas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH