Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola vende activos imobiliários em Portugal

30 August 2019

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) iniciou o processo de venda de activos imobiliários em Portugal, informou o grupo estatal em comunicado divulgado quinta-feira em Luanda.

Os activos imobiliários são, segundo o comunicado, dois edifícios localizados na Avenida da República, em Lisboa e o imóvel do antigo Convento de Brancanes, em Setúbal.

O processo está a ser conduzido pela Puaça – Administração e Gestão, sociedade portuguesa na qual a Sonangol detém a totalidade do capital social e que é a entidade responsável pela gestão dos referidos imóveis.

A acção, que culminou com a decisão de venda destes imóveis, teve início há mais de um ano, estando enquadrada no processo de alienação dos activos não nucleares do grupo.

O comunicado acrescenta ter sido concluída a venda, em 2018, de um outro imóvel, o “Convento das Mónicas”, estando a ser concluído o processo de venda da Quinta do Lazareto do Porto Brandão, em Almada.

No início de Agosto corrente o grupo estatal angolano garantiu que as participações em grupos portugueses, casos da Galp Energia e do Banco Comercial Português, iriam ser mantidas.

A Sonangol detém uma posição indirecta na Galp Energia através da participação igualmente indirecta na Amorim Energia, SGPS detida pela Power, Oil & Gas Investments BV (com 35% do capital), Amorim Investimentos Energéticos SGPS (20%) e Esperaza Holding BV (45%), sendo que nesta última detém 60% com os restantes 40% nas mãos da empresária Isabel dos Santos.

A Sonangol controla ainda uma participação de 19,49% (a 31 de Dezembro de 2018) no capital social do Banco Comercial Português, conhecido pela marca Millennium bcp. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH