Receita dos casinos de Macau regista maior quebra do ano em Agosto

2 September 2019

Agosto foi o mês em que as receitas brutas dos casinos de Macau mais se contraíram em termos homólogos desde o início do ano, com uma quebra de 8,6% para 24 262 milhões de patacas (3032 milhões de dólares), informou a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ).

Os dados divulgados pela DICJ indicam ter a receita bruta dos casinos sofrido quebras em cinco dos oito meses de 2019 já concluídos, que variaram entre um mínimo de 0,4% em Março e um máximo de 8,6% em Agosto.

A receita bruta acumulada atingiu 198 218 milhões de patacas (24 777 milhões de dólares), uma quebra homóloga de 1,9% face aos 202 103 milhões de patacas contabilizados no período homólogo de 2018.

As seis concessionárias do jogo em Macau dispunham de 41 casinos no final do primeiro semestre de 2019, sendo 22 da Sociedade de Jogos de Macau, seis da Galaxy Casino, cinco da Venetian Macau, quatro da Melco Crown (Macau), dois da Wynn Resorts (Macau) e dois da MGM Grand Paradise, com 6734 mesas de jogo e 17 638 máquinas de jogos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH