Angola tem mais uma fábrica de lapidação de diamantes

3 September 2019

A terceira fábrica de lapidação em funcionamento em Angola dispõe de capacidade para processar cinco mil quilates por mês, tendo a sua abertura segunda-feira exigido um investimento de cinco milhões de dólares, informou a empresa.

O proprietário da Pedra Rubra, Hélder Milagre, disse que a empresa tem actualmente cinco lojas de venda de jóias em Luanda e espera, produzir, a curto prazo, jóias em quantidade suficiente para satisfazer a procura do mercado nacional.

Hélder Milagre, citado pela agência noticiosa Angop, disse ainda ter solicitado aos bancos comerciais facilidades na compra de divisas, tendo em conta que os diamantes em bruto são comprados em moeda externa e as vendas em Angola (jóias) são feitas em kwanzas.

O ministro dos Recursos Minerais e Petróleos procedeu à inauguração do empreendimento industrial e, na sua alocução, prometeu debruçar-se sobre as preocupações apresentadas pelo empreendedor.

“Estamos a cumprir uma das recomendações do governo que é olhar para a produção, comercialização e transformação interna dos diamantes”, disse Diamantino Azevedo, que falou sobre as reformas no sub-sector mineiro e lembrou que “teremos um modelo semelhante ao que temos nos petróleos”.

A lapidadora Pedra Rubra (situada na Maianga, Luanda) junta-se à Stone Polished Diamond, inaugurada em Fevereiro deste ano e à Angola Polished Diamond, ambas situadas no Talatona. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH