Banco de Moçambique reduz coeficiente de reservas obrigatórias em moeda nacional para 13,0%

5 September 2019

O Banco de Moçambique reduziu o coeficiente de reservas obrigatórias em 100 pontos base para 13,0% para os passivos denominados em moeda nacional, informou o banco central em circular divulgada terça-feira em na página electrónica da instituição.

A circular N° 02/EMO/2019, do Pelouro de Estabilidade Monetária do Banco de Moçambique, informa ainda ter sido decidido manter em 36,0% o coeficiente de reservas obrigatórias para os passivos ou depósitos dos bancos denominados em moeda estrangeira.

A decisão deve-se, segundo o comunicado, à estabilidade da taxa de inflação que se mantém na casa de um dígito, prevendo-se o mesmo comportamento para os próximos meses.

Esta actualização entra em vigor a partir do período de constituição de reservas obrigatórias, que se inicia no dia 7 de Setembro corrente. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH