Porto de Luanda, Angola, encomenda plano de ordenamento

6 September 2019

A Porto de Luanda já começou a receber propostas de várias empresas ao concurso público lançado para encomendar a elaboração de um plano de ordenamento portuário “que permita aumentar a capacidade operacional”, anunciou em Luanda o presidente do Conselho de Administração da sociedade gestora do porto da capital angolana.

Alberto Bengue, que falava à margem da 3ª mesa-redonda da Associação dos Portos de Angola (Apang), disse que o plano de ordenamento visa a transformação do porto de Luanda numa plataforma de referência, equipada com tecnologias e equipamentos avançados onde possam atracar navios de quinta e de sexta geração.

O presidente da Porto de Luanda disse que a administração tenciona iniciar os trabalhos em 2022, estando prevista a construção de um terminal para cruzeiros, um novo terminal de contentores, um terminal de cargas líquidas, um de carga geral e um polivalente.

Igualmente previsto no futuro plano de ordenamento é a dragagem do porto a fim de aumentar a profundidade para um nível entre 14 e 16 metros, suficiente para permitir a operação de navios de grande dimensão e calado, segundo o Jornal de Angola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH