Empresas de Moçambique convidadas a apresentar propostas de fornecimento de bens e serviços ao grupo ENI

9 September 2019

As empresas moçambicanas interessadas em fornecer bens e serviços à subsidiária do grupo italiano ENI têm de apresentar as respectivas propostas até dia 24 de Setembro corrente, segundo anúncios recentemente divulgados.

A ENI Mozambico divulgou sexta-feira uma série de manifestações de interesse para a contratação de vários serviços para suas operações de extracção de hidrocarbonetos na Área A5-A, da bacia de Angoche.

O grupo italiano ENI precisou que a data-limite para a apresentação de propostas decorre do facto de o início da perfuração do primeiro poço de extracção de gás natural dever ocorrer no primeiro trimestre de 2021.

O jornal O País escreveu que entre os bens e serviços a adquirir pela subsidiária do grupo italiano estão tubos de revestimento e de ligação e respectiva instalação, cimento, perfuração direccional, brocas de perfuração e serviços aéreos por helicóptero.

A subsidiária do grupo norte-americano ExxonMobil, parceiro do grupo ENI no bloco Área 4, pretende contratar empresas que possam fornecer serviços de transporte de passageiros de asa fixa e de carga ligeira.

Estes serviços serão necessários entre Johanesburgo (África do Sul) e Maputo, estabelecendo ligação à Beira (centro de Moçambique), Nacala, Nampula, Pemba e outros aeroportos na província de Cabo Delgado, norte do país. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH