China aprova importação de carne de mais 25 unidades frigoríficas do Brasil

10 September 2019

As autoridades sanitárias da China aprovaram mais 25 unidades frigoríficas no Brasil a exportarem carne para o país, anunciou segunda-feira em Brasília o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

As aprovações que foram comunicadas ao governo do Brasil abrangem unidades de grupos como BRF, Marfrig e Minerva Foods, segundo a informação governamental e comunicados ao mercado.

“Dos novos estabelecimentos aprovados, 17 são produtores de carne bovina, seis de frango, um de porco e um de jumento, podendo as empresas iniciar a exportação de imediato. As empresas já podem exportar imediatamente”, nos termos do comunicado oficial.

Estas aprovações ocorrem em momento em que as exportações de carnes do Brasil registam um 2019 positivo, impulsionadas especialmente pela forte procura da China, que aumentou de forma significativa as importações, nomeadamente de carne de porco, devido a um surto de peste suína africana.

Com estas novas aprovações aumentou para 89 o número de unidades frigoríficas autorizadas a exportarem carne para o mercado da China.

O secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Orlando Ribeiro, disse segunda-feira que o governo está a negociar com a China a aprovação de mais unidades frigoríficas.

Ainda na segunda-feira, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, declarou que o seu país deverá duplicar o consumo de carne de vaca até 2026, o que favorece o Brasil, grande produtor deste tipo de produto. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH