Plano para a Economia Azul de Cabo Verde apresentado ao governo até Novembro

11 September 2019

O Plano para a Economia Azul será apresentado ao Governo até Novembro, disse terça-feira na Praia o secretário de Estado adjunto para a Economia Marítima de Cabo Verde.

Paulo Veiga prestava declarações no final da reunião da Comissão de Pilotagem para a Economia Azul, cujos membros analisaram o estado dos trabalhos já realizados no âmbito do processo de transição de Cabo Verde para a Economia Azul.

O secretário de Estado adjunto disse que, após a aprovação do plano, a construção, por exemplo, de um porto implicará o estudo do impacto que isto vai ter no ambiente e a forma de o minimizar, segundo a agência noticiosa Inforpress.

Na perspectiva de Paulo Veiga, a Economia Azul implica que os investimentos turísticos levem em consideração não só a conservação dos oceanos, mas também a do ambiente e das zonas costeiras cabo-verdianas.

São membros da Comissão de Pilotagem os ministérios da Economia Marítima, das Finanças, do Turismo e Transportes, dos Negócios Estrangeiros, as direcções nacionais da Indústria e Energia e do Ambiente, os institutos nacionais do Desenvolvimento das Pescas, de Estatística e do Ordenamento do Território e a Universidade de Cabo verde. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH