Embaixador de Angola na China procura atrair investidores para concessões mineiras

17 September 2019

O embaixador de Angola na China, João dos Santos, apelou segunda-feira, em Pequim, ao investimento na exploração mineira no seu país, no âmbito da apresentação em algumas capitais de novas concessões.

O embaixador falava em representação do ministro angolano dos Recursos Minerais e Petróleos, na terceira apresentação técnica das concessões mineiras de Kassala Kitungo, Camafuca-Camazambo, Tchitengo, Kassala Kitungo, Cácata e Lucunda, cujo concurso será aberto no dia 7 de Outubro em Luanda.

“Espero que este evento sirva para melhorar o vosso conhecimento e atracção de investimento mineiro em Angola”, afirmou o embaixador aos cerca de 150 participantes chineses, segundo a agência noticiosa Angop.

João dos Santos salientou aos presentes que o Governo de Angola tem estado a tomar medidas para melhorar o ambiente de negócios a fim de atrair investimento estrangeiro para a exploração de recursos naturais, “o que tem aumentado a confiança dos investidores internacionais no mercado angolano.”

Com a melhoria do ambiente de negócios, prosseguiu, o Governo pretende reduzir a dependência do petróleo, principal produto de exportação, apostando em outros segmentos da actividade económica, como sejam a exploração de outros recursos naturais.

A apresentação técnica realizada em Pequim é a terceira de uma série de cinco programadas – Luanda (27 Agosto), Dubai (10 Setembro), Pequim (16 Setembro), Londres (20 Setembro) e Nova Iorque (30 Setembro). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH