Dívida pública emitida por Angola no 1.º semestre reduz-se para 1360 milhões de dólares

19 September 2019

O valor dos títulos de dívida pública emitidos pela Unidade de Gestão da Dívida (UGD) de Angola no primeiro semestre de 2019 diminuiu 25,92% relativamente ao contabilizado no segundo semestre de 2018, informou a Comissão do Mercado de Capitais (CMC).

O relatório daquela comissão relativo ao primeiro semestre do ano em curso informa ter a UGD emitido títulos de dívida pública no montante de 503,01 mil milhões de kwanzas (1360 milhões de dólares), sendo que 364,58 mil milhões de kwanzas correspondem a Bilhetes do Tesouro e 138,42 mil milhões a Obrigações de Tesouro.

No mercado secundário, sob gestão da Bolsa de Valores da Dívida de Angola (Bodiva), registou-se uma diminuição de cerca de 1,82% no valor das transacções, que se fixou no final do período em análise em 427,07 mil milhões de kwanzas.

O relatório da CMC refere que a economia de Angola voltou a contrair-se no primeiro trimestre de 2019, cerca de 0,4% em termos homólogos, contracção que ficou a dever-se ao desempenho das actividades de Comércio (-3,2%), Financeiras (-4,8%), Indústria Transformadora (-6,5%), Telecomunicações (-6,8%)e Petróleo (-6,9%).

As Reservas Internacionais Líquidas, segundo o mesmo relatório, apresentaram uma trajectória decrescente ao longo do semestre em análise, situando-se em 10,2 mil milhões de dólares no final   Junho, o que representa uma variação negativa de cerca de 3,8% face ao valor observado no final do semestre anterior (10,6 mil milhões de dólares).

A moeda angolana, o kwanza, registou no mercado cambial no decurso do primeiro semestre de 2019 uma depreciação de 9,98% face ao dólar dos Estados Unidos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH