Grupo dos Países Baixos contratado para projecto de gás natural em Moçambique

20 September 2019

O grupo Smit Lamnalco foi contratado para fornecer serviços marítimos integrados para a instalação da unidade flutuante de gás natural liquefeito no bloco Área 4, da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, informou o grupo.

Os operadores do bloco Área 4, os grupos ENI e ExxonMobil, anunciaram quinta-feira em comunicado separado a adjudicação de um contrato de prazo fixo de 10 anos à Smit Lamnalco para o projecto mais conhecido por Coral Sul.

“Após um concurso internacional e uma extensa avaliação técnica e comercial aprovada pelo Instituto Nacional do Petróleo, a autoridade reguladora para operações petrolíferas em Moçambique, anunciamos a adjudicação de um contrato estratégico a uma empresa reconhecida e experiente para apoiar as operações marítimas e de descarga da Coral Sul FLNG”, disse Maurizio Lanzo, director-geral da plataforma.

Para a prestação de seus serviços, a Smit Lamnalco, presente em mais de 30 países, utilizará três rebocadores para serviços de escolta, atracação e desatracação de navios transportadores de gás natural liquefeito junto à plataforma flutuante, sendo um quarto rebocador utilizado na assistência às operações marítimas.

O Coral FLNG é uma entidade de propósito específico criada pelos parceiros do grupo ENI e da Área 4, nomeadamente, ExxonMobil, China National Petroleum Corporation, Kogas, Galp Energia e Empresa Nacional de Hidrocarbonetos de Moçambique. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH