Linha Temane-Maputo, em Moçambique, começa a ser construída em Junho de 2020

20 September 2019

A Electricidade de Moçambique deverá anunciar a curto prazo o início do processo de selecção do empreiteiro que irá construir a linha de transporte de energia Temane-Maputo, disse o administrador Carlos Yun.

O administrador não precisou a data para o lançamento do concurso público internacional, indicando apenas que o processo de pré-qualificação está previsto para a última semana de Setembro ou primeiros dias de Outubro, segundo o matutino Notícias, de Maputo.

Esta obra envolve a construção da linha de transporte de energia em alta tensão entre Temane, na província meridional de Inhambane, e a cidade de Maputo, a capital do país, bem como três subestações, sendo uma em Vilanculos (Inhambane), Chibuto (Gaza) e Matalane na província de Maputo.

O custo, estimado em 551,2 milhões de dólares, será suportado por parceiros de cooperação, nomeadamente os bancos Mundial, Islâmico de Desenvolvimento, de Desenvolvimento Africano e de Desenvolvimento da África do Sul, bem como o Fundo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e o Governo da Noruega.

As obras deverão iniciar-se em Junho de 2020 na expectativa de que a linha e as subestações estejam operacionais em finais de 2023, na mesma altura em que entrará em funcionamento a Central Termoeléctrica de Temane, com capacidade para gerar 400 megawatts da energia eléctrica a ser escoada através da referida linha. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH