Grupo Chevron aumenta produção de petróleo e gás natural em Angola

24 September 2019

O grupo Chevron vai aumentar a exploração de recursos e produção de gás natural em Angola, anunciou, domingo em Nova Iorque, o presidente do grupo petrolífero, Mike Wieth, ao prestar declarações após ter sido recebido em audiência pelo Presidente João Lourenço.

O Presidente de Angola encontra-se em Nova Iorque para participar na 74ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, a decorrer de 24 a 30 de Setembro corrente.

Mike Wieth, citado pela agência noticiosa Angop, disse ter recebido do Chefe de Estado angolano o compromisso de apoiar os projectos levados a cabo, em vários sectores, pelo grupo, que é o maior empregador estrangeiro no sector petrolífero em Angola.

O grupo, que opera em Angola através da subsidiária Cabinda Gulf Oil Company Limited, explora recursos em duas concessões, nomeadamente o Bloco Zero, em Cabinda, e o Bloco 14, em águas profundas, tendo registado em 2018 uma produção diária média de 107 mil barris de petróleo e 308 milhões de pés cúbicos de gás natural.

O grupo Chevron detém, igualmente, interesses não-operativos numa parceria em terra, a Angola LNG Limited, cuja central no Soyo tem uma produção que ronda 6,2 milhões de toneladas/ano de gás natural liquefeito. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH