Grupo Total passa a controlar activos da Anadarko Petroleum em Moçambique

30 September 2019

A venda dos activos do grupo Anadarko Petroleum no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, província de Cabo Delgado, pelo grupo Occidental Petroleum ao grupo francês Total está concluído, segundo um comunicado da Presidência da República de Moçambique divulgado sexta-feira.

O comunicado adianta ter o Presidente Filipe Nyusi recebido sexta-feira em audiência na cidade de Chimoio, capital da província central de Manica, Vicki Hollub, presidente e directora executiva do grupo americano Occidental Petroleum, e Patrick Pouyaanné, presidente do Conselho de Administração e director executivo do grupo francês Total.

No decurso da audiência foram abordados diversos temas, sobretudo os mais recentes desenvolvimentos no sector de óleo e gás em Moçambique, caso da compra dos activos do grupo Anadarko Petroleum pela Occidental Petroleum e a entrada da Total no bloco Área 1.

O grupo Occidental celebrou no dia 8 de Agosto passado um contrato definitivo de compra e venda com a Total S.A., ao abrigo do qual o grupo francês adquire todos os activos da Anadarko Petroleum na África do Sul, Argélia, Gana e Moçambique, incluindo todas as participações da Anadarko Moçambique Área 1.

O contrato de compra e venda do grupo Anadarko Petroleum custou ao grupo Occidental 55 mil milhões de dólares, incluíndo dívida, tendo os activos, sem dívida, do grupo adquirido em África sido vendidos ao grupo Total por 8,8 mil milhões de dólares.

O comunicado da Presidência da República informou que este negócio irá representar um encaixe financeiro em sede imposto de mais-valias de 880 milhões de dólares, montante que poderá entrar no Tesouro moçambicano ainda este ano. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH