Orçamento de Cabo Verde para 2020 prevê crescimento económico entre 4,8% e 5,8%

16 October 2019

A economia de Cabo Verde deverá registar um crescimento no intervalo de 4,8%a 5,8% em 2020, nos termos da proposta de lei de Orçamento de Estado aprovada segunda-feira pelo Conselho de Ministros e terça-feira entregue no parlamento, que contempla igualmente uma redução do défice orçamental para 1,7% do Produto Interno Bruto.

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, ao apresentar a proposta de lei, disse que a inflação prevista mantém-se em 1,3%, a taxa de desemprego deverá diminuir de 12% em 2019 para 11,4% e a dívida pública deve cair de 120% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 para 118%.

A proposta de lei, que não contempla aumentos salariais para os funcionários do Estado, reserva 11,4% da despesa total para pagamento dos custos com o pessoal, sendo que do lado da receita 22,8% terão origem na colecta fiscal, segundo a agência noticiosa Inforpress.

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças realçou que, do ponto de vista da evolução orçamental, o país tem estado a percorrer uma trajectória de aumento das receitas fiscais em percentagem do PIB, sem aumentar a taxa de incidência e também a melhorar a evolução do défice orçamental.

“Temos tido uma melhoria substancial nos últimos três anos e pensamos que nos próximos anos podemos chegar a um saldo equilibrado ou até mesmo um excedente”, previu Olavo Correia. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH