Autoridade da Concorrência de Angola aprova parceria entre os grupos Sonangol e Total

21 October 2019

A Autoridade Reguladora da Concorrência (ARC) de Angola autorizou a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) e o grupo francês Total a criarem uma empresa para actuar no mercado de logística, distribuição e comercialização de derivados do petróleo, informou a entidade em comunicado.

O comunicado divulgado sexta-feira em Luanda informa igualmente ter a ARC decidido “não se opor à operação de concentração de empresas, notificada pela Sonangol e Total Outre-Mer”, tendo em conta que “os compromissos apresentados pelas duas entidades permitem a manutenção da concorrência efectiva nos mercados relevantes identificados.”

A sociedade anónima a ser constituída pelos dois grupos foi ainda autorizada por aquela Autoridade a prestar outros serviços relacionados ou complementares, bem como a distribuição de soluções para energia solar e a realização de actividades no segmento de soluções de energia hídrica.

O acordo para a constituição de uma parceria entre a Sonangol e a Total foi assinado em Luanda, em Dezembro de 2017, pelo então presidente do Conselho de Administração da petrolífera angolana, Carlos Saturnino, e pelo seu homólogo da petrolífera francesa, Patrick Pauyanné. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH