Angolana Sonangol quer manter-se como accionista de referência do Banco Comercial Português

22 October 2019

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) pretende manter-se como accionista de referência do Banco Comercial Português (BCP), informou a instituição bancária em comunicado divulgado segunda-feira, que remete para um encontro ocorrido na passada quarta-feira em Luanda.

Na reunião, em que estiveram presentes os presidentes do Conselho de Administração e Comissão Executiva do BCP, Nuno Amado e Miguel Maya e do Conselho de Administração da Sonangol, Gaspar Marins, “foram analisados os resultados e a actividade desenvolvida no primeiro semestre de 2019, bem como as metas definidas no Plano Estratégico do Millennium bcp para o período 2018-2021.”

“Com uma participação de 19% no capital do maior banco privado português, a administração da Sonangol reafirmou o interesse do accionista no investimento realizado e na permanência como accionista de referência do Millennium bcp”, refere a instituição no comunicado.

Em Julho, o presidente executivo do BCP, Miguel Maya, afirmou que não havia qualquer alteração à posição conhecida sobre a participação no banco da Sonangol, após notícias que falavam do interesse da petrolífera angolana em reduzir participações no sector financeiro.

A Sonangol é o segundo maior accionista do BCP com 19,49% do capital, a seguir ao grupo chinês Fosun, com 27,25%, segundo dados de 30 de Junho de 2019.  (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH