Banco Nacional de Angola elimina limite de variação da moeda nacional

23 October 2019

O Banco Nacional de Angola eliminou o limite de 2,0% na variação máxima nos leilões de divisas que se realizam diariamente, permitindo dessa forma que o valor do kwanza, a moeda nacional, oscile sem entraves, informou a agência financeira Bloomberg.

O limite de 2,0% na variação máxima foi introduzido em Janeiro de 2018, depois de nas duas primeiras sessões do novo modelo de mercado cambial a moeda angolana ter registado grandes perdas face principalmente ao dólar e ao euro.

A agência informou ainda ter aquele limite sido levantado em Setembro passado, o que teve como resultado a aceleração da depreciação da moeda angolana.

O kwanza já perdeu 32% do seu valor face ao dólar desde o início do ano, tendo 18% dessa perda ocorrido apenas em Outubro corrente, pelo que são agora necessários 453 kwanzas para comprar um dólar,

Antes da entrada em vigor do novo modelo de mercado cambial, substituindo o anterior de fixação administrativa das taxas de câmbio, o dólar dos Estados Unidos valia 167 kwanzas, o que significa que perdeu desde então 63,13% do seu valor.

A Bloomberg informou igualmente ter o kwanza acelerado a depreciação depois de o banco central ter começado a fazer leilões de 10 milhões de dólares por dia, no passado dia 9 de Outubro, data em que terá deixado de usar completamente o limite de variação máxima de 2,0% em cada leilão.

O Banco Nacional de Angola efectua hoje uma reunião extraordinária da sua Comissão de Política Monetária, devendo mexer na taxa de juro de referência do mercado, a Taxa BNA, para suster a depreciação da moeda nacional e controlar a subida dos preços. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH