Índia foi o principal destino das exportações de Moçambique em 2018

6 November 2019

A Índia foi em 2018 o principal destino das exportações de Moçambique com uma quota de 27,32% ou um valor de 1369 milhões de dólares, informou o Instituto Nacional de Estatística através do seu Anuário Estatístico relativo ao ano passado.

Os restantes quatro grandes mercados de colocação dos produtos moçambicanos de entre os cinco primeiros foram por ordem de importância os Países Baixos, com uma quota de 17,38% e um valor de 871 milhões de dólares, a África do Sul com 12,24% e 613 milhões de dólares, a China com 4,78% e 239 milhões de dólares e Hong Kong com 4,59% e 229 milhões de dólares.

A lista com os 10 primeiros mercados de exportação é completada com Singapura (4,56%), Polónia (2,59%), Estados Unidos (2,43%), Reino Unido (1,88%) e Emirados Árabes Unidos (1,83%).

No que se refere aos principais mercados de importação, a África do Sul surge em primeiro lugar destacado com uma quota de 27,79% e um valor monetário de 1929 milhões de dólares, a que se seguem a China, com 11,51% e 799 milhões de dólares, os Emirados Árabes Unidos com 7,47% e 518 milhões de dólares, os Países Baixos com 7,46% e 518 milhões de dólares e a Índia com 7,06% e 490 milhões de dólares.

A completar os 10 primeiros lugares dos principais mercados de importação estão Singapura, com 4,07% e 282 milhões de dólares, Portugal com 3,32% e 230 milhões de dólares,  Estados Unidos com3,14% e 217 milhões de dólares, Japão com 2,83% e 196 milhões de dólares e Tailândia com 2,28% e 158 milhões de dólares.

Em termos globais, Moçambique tem dois grandes parceiros comerciais – a África do Sul, com trocas comerciais no valor de 2543 milhões de dólares e a Índia com 1859 milhões de dólares.

Moçambique, cujos principais produtos de exportação são o carvão para a Índia, o alumínio para os Países Baixos e energia eléctrica e gás para a África do Sul, registou no ano em análise um défice comercial de 1931 milhões de dólares, resultante de exportações no montante de 5012 milhões de dólares e importações no valor de 6944 milhões de dólares. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH