China tem 100 mil milhões de dólares para aplicar em projectos no Brasil

18 November 2019

A China anunciou dispor de 100 mil milhões de dólares provenientes de pelo menos cinco fundos estatais para um novo programa de investimentos no Brasil, principalmente de construção de infra-estruturas, no decurso de reuniões realizadas em Brasília na passada semana, noticiou a imprensa brasileira.

Ns reuniões que se realizaram na capital federal brasileira, os interlocutores chineses anunciaram igualmente o aumento da concessão de crédito no Brasil, numa tentativa de angariar clientes nos sectores do negócio agrícola e da indústria.

O jornal Folhas de São Paulo escreveu ter o ministro da Infra-estrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinado na passada semana um acordo de cooperação com o ministro dos Transportes da China, ao abrigo do qual os projectos serão elaborados em parceria.

Dados do Conselho Empresarial Brasil-China indicam que os investimentos chineses na última década no Brasil atingiram 57 mil milhões de dólares em 145 projectos espalhados por 21 Estados e pelo Distrito Federal.

A maior parte desse investimento ocorreu a partir de 2017, com o programa de concessões e privatizações do Governo do então presidente Michel Temer, tendo os grupos chineses consolidado a sua presença no sector eléctrico, comprando produtoras, distribuidoras e linhas de transmissão.

Apesar de a maior parte do investimento se concentrar em energia, os grupos chineses estão presentes nos mais variados ramos da economia brasileira, desde a fabricação de máquinas e equipamentos, passando por telecomunicações, papel e celulose, até petróleo e gás, agricultura e comércio a retalho.

A China é desde 2009 o maior parceiro comercial do Brasil, tendo as empresas brasileiras exportado para a China bens no valor de 51,5 mil milhões de dólares no período de Janeiro a Outubro e importado mercadorias no montante de 30 mil milhões de dólares. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH