Construção civil em Angola permitiu criação de 28 mil postos de trabalho em dois anos

22 November 2019

O sector da construção e obras públicas em Angola criou 28 mil novos postos de trabalho nos últimos dois anos, período em que foram emitidos 1600 novos alvarás a empresas, disse em Luanda o titular da pasta do sector, Manuel Tavares de Almeida.

O ministro falava durante a comemoração do 5º aniversário do Instituto Regulador do Sector da Construção Civil e Obras Públicas (IRCCOP), realizada sob o lema “Excelência de serviços focados no cidadão e na criação de um ambiente de negócios próspero e sustentável.”

Manuel Tavares de Almeida disse que o sector está empenhado no processo de desburocratização em curso, bem como na modernização dos métodos de trabalho, tornando mais célere a resolução dos processos, segundo o Jornal de Angola.

De igual modo, sublinhou que se deve abrir mais espaços e facilidades para o investimento de projectos privados que contribuam para o crescimento e desenvolvimento do país e que se traduzam na criação de postos de trabalho e de receitas fiscais para o Estado.

Segundo o ministro, o contexto adverso prevalecente, interno e externo, tem condicionado substancialmente o desempenho económico e social do país, com consequências funestas para o emprego, rendimento e o bem-estar das populações.

Durante o encontro foram apresentados vários painéis, com realce para a emissão automática dos alvarás, através de uma plataforma informática, os quais são impressos num papel antifraude, com diversos mecanismos de segurança que, doravante, impedem a sua falsificação. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH