BAD concede empréstimo de 400 milhões de dólares para projecto de gás natural em Moçambique

27 November 2019

O Banco Africano de Desenvolvimento aprovou a concessão de um empréstimo de 400 milhões de dólares ao projecto de gás natural do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, informou a instituição em comunicado divulgado terça-feira.

O comunicado informa ainda que o empréstimo destina-se a apoiar a construção de uma unidade integrada de processamento de gás natural, incluindo uma unidade de liquefacção do gás a ser extraído na área concessionada.

O projecto do bloco Área 1 contempla a instalação em terra de duas unidades de processamento de gás natural com uma capacidade de produção inicial de 12,88 milhões de toneladas por ano.

O Banco Africano de Desenvolvimento recorda terem os parceiros do consórcio alcançado em Junho passado a decisão final de investimento, que irá representar um montante de mais de 20 mil milhões de dólares, “facilitando dessa forma a comercialização de uma das mais importantes descobertas de gás natural das últimas duas décadas.”

Recorda também terem sido já assinados contratos de longo prazo de venda de gás natural com alguns dos mais importantes intervenientes no mercado do gás natural, como sejam o grupo Bharat (Índia), Centrica (Reino Unido), China National Offshore Oil Corporation (China), CPC Corporation (Taiwan), Eléctricité de France (França), JERA (Japão), Pertamina (Indonésia), Royal Dutch Shell e Tohoku Electric e Tokyo Gas, ambos do Japão.

O bloco em questão é operado pelo grupo Total, com 26,5%, tendo como parceiros a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%) e PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH