Cabo Verde será a prazo um país desenvolvido, afirma ministro da Economia Marítima

6 December 2019

O governo de Cabo Verde tem desenvolvido um conjunto de acções que visam fazer do arquipélago um país desenvolvido, sendo a próxima etapa alcançar um nível de rendimento médio e médio alto, disse quinta-feira na Praia o ministro da Economia Marítima, José Gonçalves.

O ministro fez esta afirmação quando presidia à cerimónia de abertura do fórum económico “Mar e inovação, drivers da economia global”, organizado pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal em parceria com a Embaixada de Portugal em Cabo Verde, no âmbito das comemorações do 5º centenário da viagem de circum-navegação iniciada pelo navegador português Fernão de Magalhães, realizado na Praia.

José Gonçalves destacou o impacto que a viagem de circum-navegação teve no âmbito das descobertas de novos mundos, de que Cabo Verde também fez parte, enquanto paragem obrigatória nessa altura, realçando que o actual governo está empenhado em apostar na criação de condições com vista a recuperar o carácter central de Cabo Verde no Atlântico Médio.

Lembrou, neste sentido a importância da criação da Zona Especial da Economia Marítima e do Campus do Mar em São Vicente, com vista a fomentar o carácter central em termos marítimos de Cabo Verde no Atlântico Médio, segundo a agência noticiosa Inforpress.

O fórum económico irá abordar temáticas que estão actualmente na agenda internacional, como o conhecimento e a tecnologia, os oceanos e as alterações climáticas e tem como principal objectivo identificar oportunidades de negócio e de parceria entre empresas e entidades de ambos os países. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH