Projectos mal elaborados atrasam concessão de crédito à produção em Angola

6 December 2019

A fraca elaboração dos projectos apresentados por algumas empresas que concorrem ao Programa de Apoio ao Crédito de Angola está a atrasar o processo de concessão de crédito bancário para desenvolver a produção nacional e diminuir a importação de bens e serviços, disse quinta-feira em Luanda o administrador executivo do Banco Angolano de Investimento (BAI).

José Castilho, que usava na palavra no decurso de um encontro com empresários ligados à agro-pecuária, disse ainda que as exigências relativas às boas práticas (“compliance”), contabilidade organizada e projectos bens elaborados constituem os principais entraves que estão na base do atraso da concessão do crédito bancário às empresas.

O administrador adiantou que os instrumentos de análise de risco de crédito do banco, a informação de qualidade prestada em termos de demonstrações financeiras, experiência de equipa de gestão, garantias, plano  de negócio e histórico bancários e jurídicos, também fazem parte dos requisitos exigidos para ter acesso ao empréstimo.

Sem mencionar os montantes envolvidos, José Castilho disse ter o banco recebido mais de 30 projectos ao abrigo do Programa de Apoio ao Crédito que estão em fase avaliação para possível aprovação.

José Castilho salientou que embora aquele programa esteja centrado nas pequenas e médias empresas, muitas delas ainda não têm o nível de organização exigida, apesar de algumas já começarem a preparar-se melhor, pretendendo a administração do banco evitar repetir os erros cometidos na execução do Programa Angola Investe, que teve alguns projectos mal-sucedidos e que originou, em consequência, crédito malparado.

No âmbito do Programa de Apoio ao Crédito e dos compromissos assumidos, o BAI tem disponíveis 30 mil milhões de kwanzas (55 milhões de dólares) para financiar investidores que queiram produzir os produtos definidos pelo Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (Prodesi). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH