Satélite sino-brasileiro tem lançamento programado para 20 de Dezembro

11 December 2019

O lançamento do satélite CBERS-4A, desenvolvido pelo Brasil em parceria com a China está marcado para dia 20 de Dezembro, a partir do Centro de Lançamento de Satélite de Taiyuan, anunciou o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em verbete colocado segunda-feira no Twitter.

Jair Bolsonaro escreveu ainda no verbete que além do satélite CBERS-4A, será igualmente lançado o nano-satélite Floripasat (cubeSat), um projecto desenvolvido por alunos de licenciatura, mestrado e doutoramento dos cursos de Engenharia Eléctrica, Automação e Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina, em parceria com o programa Uniespaço da Agência Espacial Brasileira.

A Agência Brasil escreveu que um cubeSat é um tipo de satélite miniaturizado (nano-satélite), medindo múltiplas unidades cúbicas de 10cm e pesando não mais do que 1,33 quilogramas por unidade.

O Presidente brasileiro informou ainda que o Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, está a ser preparado para voltar a lançar satélites a partir de 2021, ao abrigo de um acordo assinado em Março passado entre o Brasil e os Estados Unidos para permitir o lançamento de equipamentos com tecnologia norte-americana.

O Programa de Satélite de Observação Remota da China e do Brasil (CBERS ou China–Brazil Earth Resources Satellite) foi iniciado há mais de duas décadas e permitiu aos dois países dominar a tecnologia de observação remota com máquinas fotográficas e sensores para observação da Terra.

Até à data, o Brasil e a China desenvolveram e lançaram com sucesso quatro satélites (CBERS-1, CBERS-2, CBERS-2B e CBERS-4), aos quais pretendiam adicionar o CBERS-3, cujo lançamento terminou com uma queda e a destruição do equipamento.

O anterior satélite lançado entre os dois países em parceria foi o CBERS-4, colocado em órbita em Dezembro de 2014, que se tornou uma importante ferramenta de observação remota já que possui quatro máquinas fotográficas para capturar imagens a partir do espaço. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH