Subsidiária de grupo da Indonésia inicia exploração petrolífera em Moçambique

16 December 2019

A empresa Buzi Hydrocarbons Pte Ltd. vai iniciar dentro de dias um furo em terra para pesquisa de hidrocarbonetos no bloco do Búzi, no centro de Moçambique, em parceria com a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), disse o presidente do Instituto Nacional de Petróleos (INP).

Carlos Zacarias disse ao matutino Notícias, de Maputo, que o bloco de Búzi está localizado ao longo da bacia sedimentar de Moçambique, uma das regiões menos exploradas até ao momento do ponto de vista de conhecimento do seu potencial em hidrocarbonetos.

A única exploração comercial de gás natural na bacia sedimentar de Moçambique está a ser feita pelo grupo sul-africano Sasol, nomeadamente nos jazigos de Pande e Temane, na província meridional de Inhambane, que exporta a maior parte da produção para a África do Sul.

O presidente do INP disse ainda que numa primeira fase está prevista a realização de furo de pesquisa em terra, existindo a possibilidade de se efectuar um segundo furo, tendo adiantado estar já no local todo o equipamento necessário.

O bloco de Búzi já foi alvo de pesquisas no passado, que culminaram com a descoberta de reservas de gás natural na década de 60 do século passado, mas a quantidade encontrada foi considerada insuficiente para fazer uma exploração comercial viável.

A Buzi Hydrocarbons Pte Ltd. é uma subsidiária do grupo Energi Mega Persada Tbk PT da Indonésia, detendo uma participação de 75% dos direitos do bloco do Búzi, (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH