Governo de Angola recupera 5000 milhões de dólares em activos

17 December 2019

O governo de Angola recuperou, desde o início de 2019, mais de cinco mil milhões de dólares em activos, domiciliados em Angola e no exterior, fruto das acções decorrentes dos crimes de corrupção, disse segunda-feira em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, o ministro angolano da Justiça e dos Direitos Humanos.

Francisco Queiroz afirma em comunicado divulgado em Luanda pelo ministério que tutela que o governo de Angola beneficiou do apoio dos parceiros internacionais, nomeadamente no que se refere à repatriação dos activos que estavam domiciliados no exterior.

A cooperação, notou, disse respeito à repatriação de recursos financeiros ilicitamente transferidos para o exterior, bem como a transferência, para o Estado angolano, da titularidade de bens resultantes da lavagem de dinheiro, na medida em que a recuperação dos activos decorrente de crimes de corrupção representa um princípio internacional incontornável.

O ministro da Justiça afirmou sustentar o seu discurso no facto de haver, ainda, algumas dificuldades por parte de países onde estão domiciliados capitais ilicitamente transferidos, no sentido de os repatriarem.

Nesse sentido, informou que Angola vai alinhar com a posição tomada por alguns países que têm a mesma visão de repatriação de capitais e co-patrocina o projecto de resolução designado “Reforçando a recuperação de activos para apoiar a Agenda 2030 sobre o desenvolvimento sustentável.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH