Banco Popular da China concede facilidades aos residentes de Macau para operações em renminbis

20 December 2019

O Banco Popular da China concedeu mais facilidades aos residentes de Macau no que respeita à realização das operações individualizadas em renminbis (RMB), nomeadamente as transferências transfronteiriças de fundos, nos termos de um comunicado divulgado pela Autoridade Monetária de Macau (AMCM).

O banco central chinês aprovou a utilização e a aceitação, na China continental, dos meios de pagamento móveis de Macau e permitido a determinados bancos locais, a título experimental, testemunharem, sob a forma de agenciamento, a abertura, pelos residentes de Macau, de contas bancárias na China continental.

As medidas específicas anunciadas pelo banco central chinês consistem no aumento do limite diário dos fundos que podem ser transferidos por cada residente “individual” de Macau para a conta em seu nome denominada em RMB e aberta na China continental, do nível actual de 50 mil RMB para 80 mil RMB, na aprovação da utilização e da aceitação, em Zhuhai, dos meios de pagamento móveis de Macau, aquando da realização de consumo de natureza de venda a retalho e de restauração.

Por outro lado, com vista à articulação com as referidas medidas do Banco Popular da China, no que respeita às operações individualizadas em RMB desenvolvidas pelos bancos locais, deixa de ser estabelecido qualquer limite, ou seja, o limite máximo para conversão em numerário, no valor de 20 mil RMB será cancelado, uma vez que as posições resultantes do comércio de câmbio passam a ser “compensadas e regularizadas” através das operações a realizar nos mercados do RMB “offshore”. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH