Brasil recebe primeiras imagens do satélite sino-brasileiro CBERS-4A

2 January 2020

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) do Brasil divulgou terça-feira as primeiras imagens recolhidas pelo satélite CBERS-4A, produzido em parceria com a Academia Chinesa de Tecnologia Espacial da República Popular da China.

O INPE informou ainda que a recepção das primeiras imagens teve lugar a 27 de Dezembro passado, tendo as mesmas sido recolhidas pelas três câmaras do satélite durante uma passagem de 11 minutos sobre o Brasil.

“A estação terrena do INPE em Cuiabá, Mato Grosso, recebeu e gravou os dados em bruto das câmaras WPM, MUX e WFI, que foram processados em São José dos Campos, São Paulo”, segundo o comunicado divulgado pelo instituto.

O INPE, entidade tutelada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, adiantou que o CBERS-4A duplicará o número de imagens disponíveis no sistema CBERS, uma vez que outro satélite, o CBERS-4, continua em órbita terrestre.

O Programa de Satélite de Observação Remota da China e do Brasil (CBERS ou China–Brazil Earth Resources Satellite) foi iniciado há mais de duas décadas e permitiu aos dois países dominar a tecnologia de observação remota com máquinas fotográficas e sensores para observação da Terra.

Até à data, o Brasil e a China desenvolveram e lançaram com sucesso quatro satélites (CBERS-1, CBERS-2, CBERS-2B e CBERS-4), aos quais pretendiam adicionar o CBERS-3, cujo lançamento terminou com uma queda e a destruição do equipamento. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH