Diplomata de São Tomé e Príncipe escolhido para director-geral da CPLP

O diplomata são-tomense Armindo Brito Fernandes, 58 anos, licenciado em Direito, será o novo director-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), assumindo o cargo em Fevereiro próximo para um mandato de três anos, anunciou a embaixada de São Tomé e Príncipe em Portugal.

O comunicado qualifica a escolha de Armindo Brito “um ganho da diplomacia são-tomense” e salienta que o “país passou a estar representado a um nível de destaque no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.”

A escolha do novo director-geral da CPLP resultou de um concurso lançado pela organização a que concorreram 132 candidatos, segundo a informação disponibilizada pela embaixada são-tomense, segundo a agência noticiosa STP-Press.

Embaixador do quadro da carreira diplomática de São Tomé e Príncipe, Armindo Brito Fernandes exerce funções de coordenação e gestão no Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe desde 2013, com responsabilidades na área do Fundo Europeu de Desenvolvimento.

Como diplomata, foi embaixador em Angola, encarregado de negócios na Bélgica e chefe da missão diplomática de São Tomé e Príncipe junto da União Europeia. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH