China autoriza importação de melão do Brasil

23 January 2020

A Administração-Geral de Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês) anunciou ter aprovado a importação de melão do Brasil, na sequência do acordo alcançado entre os dois países em Novembro de 2019, informou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil.

A China é o maior mercado consumidor mundial de melão no mundo, com cerca de metade da produção mundial, o equivalente a 17 milhões de toneladas em 2017.

O ministério brasileiro, que cita um comunicado publicado na página electrónica oficial da Administração-Geral de Alfândegas da China, informou ainda não ter o governo do Brasil recebido a comunicação oficial dando conta da autorização.

Ainda por divulgar por parte das autoridades chinesas está a lista de explorações agrícolas e estruturas de empacotamento certificadas para o envio do produto.

O comunicado ministerial informa também terem técnicos da GACC inspeccionado explorações agrícolas produtoras de melão no Rio Grande do Norte e no Ceará, os dois estados do Brasil que mais fruta produzem, entre os dias 12 e 17 de Janeiro de 2020.

O objectivo da visita foi verificar as plantações nas áreas livres da mosca-da-fruta naqueles dois estados, tendo os técnicos sido acompanhados de representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará e do Instituto de Defesa e Inspecção Agropecuária do Rio Grande do Norte.

Em 2018, o Brasil exportou cerca de 200 mil toneladas de melão para diversos mercados como os Estados Unidos, Chile, Argentina, Uruguai, Rússia e União Europeia. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH