Governo de Angola garante maior celeridade na concessão de crédito bancário ao investimento

6 February 2020

Os pedidos de financiamento bancário para investimentos passam a ser tratados num horizonte temporal de 45 dias, com a retirada do circuito de instituições como o Instituto Nacional de Pequenas e Médias Empresas, que retardavam o processo, garantiu o ministro da Economia e Planeamento de Angola.

Num encontro com empresários da província do Namibe, realizado recentemente em Moçâmedes, Sérgio dos Santos disse ser pretensão do Ministério da Economia e Planeamento garantir maior celeridade na cedência de financiamentos destinados à dinamização da actividade económica.

No encontro, que contou com mais de duas centenas de empresários de diversos ramos, os homens de negócios queixaram-se da morosidade e burocracia dos bancos no atendimento dos processos de pedidos de créditos, havendo casos já duram há mais de um ano.

Em resposta, o ministro afirmou que o governo está a trabalhar com os bancos para que, num curto espaço de tempo, se possam encontrar mecanismos mais expeditos de apoio ao sector privado, tendo em vista o aumento da produção nacional.

“Queremos, num curto espaço de tempo, trazer os bancos aos produtores, pois quanto mais curta for a distância entre a banca e os agentes produtivos, maior será o aumento da produção e do Produto Interno Bruto”, disse o ministro, citado pelo Jornal de Angola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH