BNU Macau fecha contas de 2019 com resultado líquido de 721,9 milhões de patacas

13 February 2020

O Banco Nacional Ultramarino obteve um lucro de 721,9 milhões de patacas em 2019, montante que representa um acréscimo de 23,6% comparativamente ao resultado contabilizado em 2018, segundo o balancete relativo a 31 de Dezembro de 2019 publicado no Boletim Oficial de Macau.

O balancete revela ter o BNU registado proveitos no valor de 1679,9 milhões de patacas e custos que atingiram 958 milhões de patacas.

No início do mês, foi anunciado ter o BNU Macau contribuído com 68,7 milhões de euros para o resultado líquido consolidado do grupo estatal português Caixa Geral de Depósitos em 2019.

O banco emissor de Macau, em conjunto com o Banco da China, foi aliás o principal contribuidor para as contas consolidadas daquele grupo financeiro, a que se seguiram o BCI Moçambique, com 34,8 milhões de euros e a sucursal de França com 20,4 milhões de euros. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH