Moçambique lança campanha de plantação de novos cajueiros na província de Nampula

13 February 2020

O Instituto Nacional do Caju (Incaju) de Moçambique lançou uma campanha de distribuição de mais de dois milhões de mudas a nível da província de Nampula, uma operação que visa renovar o maior parque de cajueiros a nível nacional, informou o delegado provincial da instituição.

Júlio Langa disse que a distribuição de mudas de cajueiro decorre desde Dezembro último, com foco nos distritos que se destacam na produção da castanha do caju na província de Nampula, como Mogovolas, Moma, Angoche e ainda Lalaua, Ribáuè e Malema, onde esta cultura de rendimento tem menos expressão.

A distribuição de mudas, com primazia para o sector familiar e depois o comercial, decorre da necessidade da renovação das árvores, uma vez que dos 15 milhões de cajueiros existentes, actualmente cerca de três milhões é que beneficiam de tratamento e estão a produzir de forma efectiva e regular.

O delegado provincial do Incaju disse ainda à agência noticiosa AIM esperar-se um crescimento de 6,0% na comercialização da castanha na campanha 2020/2021, “o que significa aumentar para 76 mil a 78 mil toneladas.”

Júlio Langa acrescentou que a meta estabelecida para a campanha 2019/2020 de 73 mil toneladas acabou por não ser conseguida, tendo a comercialização ficado em 66 mil toneladas, “devido às chuvas, aos roubos e ao manuseamento incorrecto do produto após a colheita.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH