Comércio entre China e países de língua portuguesa cresce 1,55% em 2019

O valor do comércio entre a China e os países de língua portuguesa cresceu 1,55% em 2019 ao ter-se situado em 149 639 milhões de dólares, segundo dados oficiais chineses divulgados pelo Fórum de Macau.

A China exportou no ano transacto para os oito países de língua portuguesa bens no valor de 44 064 milhões de dólares, com um crescimento de 5,30%, tendo importado daqueles mesmos países mercadorias no valor de 105 574 milhões de dólares, registando dessa forma um défice comercial de 61 510 milhões de dólares.

O Brasil foi responsável por 76,6% das trocas comerciais registadas entre a China e os países de língua portuguesa com um montante de 114 680 milhões de dólares (+3,49%), sendo que a China exportou bens no valor de 35 476 milhões de dólares (+5,18%) e importou produtos cujo valor atingiu 79 203 milhões de dólares (+2,76%).

Angola surge, como é habitual, em segundo lugar em termos de valor, com um comércio bilateral com a China no montante de 25 365 milhões de dólares (-8,61%), com as empresas chinesas a terem vendido às angolanas bens no valor de 2057 milhões de dólares (-7,95%) e a terem comprado produtos no valor de 23 308 milhões de dólares (-8,67%).

O comércio da China com Portugal atingiu em 2019 o valor de 6643 milhões de dólares (+10,43%), com a China a ter exportado bens no montante de 4325 milhões de dólares (+14,77%) e a ter importado mercadorias no valor de 2317 milhões de dólares (+3,14%).

O valor das trocas comerciais entre a China e Moçambique atingiu 2668 milhões de dólares (+6,06%), com as empresas chinesas a terem exportado mercadorias no valor de 1956 milhões de dólares (+4,94%) e a terem importado produtos moçambicanos no montante de 711 milhões de dólares (+9,28%).

O comércio entre a China e os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – atingiu 280,82 milhões de dólares em 2019. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH