Africell Holding deverá ser o quarto operador de telecomunicações de Angola

3 March 2020

A Africell Holding passou à fase seguinte do concurso para quarto operador de telecomunicações em Angola devendo apresentar nos próximos dias a sua proposta técnica e financeira, informou segunda-feira em Luanda o Grupo de Trabalho Interministerial.

A fase de recepção de candidaturas foi aberta a 30 de Setembro de 2019, com encerramento no dia 22 de Janeiro de 2020, tendo três empresas, MTN da África do Sul, Africell Holding do Líbanco e BAI Investimentos de Angola, adquirido as peças do concurso, tendo a Africell submetido a sua candidatura, através da plataforma electrónica do Serviço Nacional de Contratação Pública.

A Comissão de Avaliação, após ter procedido ao exame formal dos documentos de candidatura submetidos pela candidata Africell Holding, deliberou por unanimidade a sua qualificação e que a entidade fosse convidada pela entidade pública contratante para apresentar a sua proposta.

A Africell é um operador internacional, com 18 anos de actividade no sector das telecomunicações, estando presente em quatro países africanos, Gâmbia, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Uganda.

Na fase que agora se inicia, a candidata qualificada disporá de tempo razoável para submeter a sua proposta técnica e financeira, que será alvo de análise e avaliação por parte da Comissão de Avaliação, considerando os critérios de adjudicação estabelecidos no caderno de encargos e nos termos de referência.

A atribuição a um novo operador do 4.º Título Global Unificado para Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas vai trazer maior concorrência ao sector das telecomunicações angolano, melhorar a qualidade dos produtos, serviços e preços, trazendo assim contributos relevantes para o crescimento económico e para a melhoria do bem-estar dos cidadãos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH