Macau impõe restrições à entrada de residentes da Alemanha, Espanha, França e Japão

9 March 2020

Macau vai impor uma quarentena de 14 dias, a partir de terça-feira, para quem “tenha estado na Alemanha, na Espanha, na França ou no Japão nos 14 dias anteriores à entrada” no território, anunciou o governo.

O período de 14 dias de “observação médica de isolamento” [quarentena] entra em vigor às das 12:00 do dia 10 de Março (terça-feira).

Esta medida, tomada ao abrigo da legislação local, vigora já para as pessoas provenientes da Coreia do Sul (desde 26 de Fevereiro), de Itália e do Irão (29 de Fevereiro).

Macau não regista novos casos de COVID-19 há 34 dias.

Os 10 pacientes que haviam contraído o COVID-19 e estavam internados em Macau já receberam alta hospitalar, tendo regressado uns à China e os outros ficado em Macau por serem residentes locais.

Entretanto, numa operação considerada de “alto risco”, um avião da Air Macau retirou no sábado de Wuhan, capital da província chinesa de Hubei e centro da epidemia do coronavirus, 57 residentes de Macau que foram analisados clinicamente, não tendo sido detectado qualquer indicio de COVID-19.

Todos ficaram de quarentena até serem efectuados mais testes ao seu estado clínico. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH